55 41 3014-0381

contato@caddan.com.br

Há um ano e meio estudantes da Poli, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, tem feito a diferença através do trabalho social. Com o objetivo de auxiliar Organizações Não Governamentais um grupo de alunos fundou a Poli Social.

 A ideia é levar às instituições que não tem condições de pagar, parte do conhecimento adquirido dentro da Universidade. Os serviços que os 64 alunos prestam à Ongs de diversos bairros da cidade já mudaram a realidade de dezenas de pessoas a partir do trabalho gratuito desenvolvido pelos estudantes.

 O trabalho da Poli Social consiste em realizar capacitação técnica administrativa a funcionários, estruturação de rotinas internas, organização do fluxo de trabalho, orientação na gestão de pessoas e administração de recursos, além de ações de marketing que tem a intenção de dar maior visibilidade para as instituições assistidos, e assim trazer mais investidores e mantenedores.

Para Rodrigo Narita, estudante do último ano de mecatrônica a expectativa é que a instituições educacionais, se voltem para a área social. “O meu sonho é que as ações sociais virem uma tendência, e torne cada vez mais profissional as estruturas não governamentais.”

 Nesse um ano e meio de existência a Poli Social já executou quatro projetos de estruturação administrativa e formou três grupos pra realização de eventos com intuito de arrecadar recursos que, posteriormente são distribuídos às próprias instituições assistidas pelos alunos.

 Ao todo foram realizados 15 eventos. “Queremos que as engenharias da Poli tenham um engajamento mais forte, e gere impacto do lado de fora da universidade através de projetos.” Afirmou Narita.

 Para fazer parte de uma equipe, seja de estruturação ou de eventos é necessário ser aprovado no processo seletivo, desenvolvido pelos próprios estudantes que fazem parte da diretora da Poli Social.

 As funções que a Poli Social tem hoje são: assessor, projetista, organizador de eventos. Para cada uma dessas posições há um gerente, e, todo trabalho desenvolvido é gerido por um conselho, que tem em sua composição presidente e diretores.

 Caso alguma instituição tenha interesse na assessoria desenvolvida pelos alunos da Poli Social, basta fazer o contato pelo site ou facebook.

www.grupopolisocial.com/ ou https://www.facebook.com/grupopolisocial

Sobre Daniela Leluddak - Daniela Leluddak é psicóloga, master coach, consultora e palestrante. Há mais de 20 anos atua no mercado nacional e internacional. É diretora-geral da Caddan Empresarial e membro da Caddan Brasil.