55 41 3014-0381

contato@caddan.com.br

Se fosse seguir o caminho tradicional de percorrer uma carreira inspirando-se nos exemplos da família, Leonardo Winocur, curitibano de 21 anos, teria optado por almejar o cargo e a trajetória de CEO, já que seu pai é o executivo chefe de uma empresa de embalagens no interior paranaense. Mas, o jovem resolveu dar valor a seus instintos e hoje é estagiário na Gestora de Fundos Neo Investimentos, em São Paulo, onde se sente perfeitamente adaptado ao ritmo agitado e frenético da cidade. “Comecei um trabalho fundamental de coaching e orientação de carreira quando eu tinha 17 anos. A Daniela Leluddak foi a primeira pessoa que me mostrou que sou um cara que pensa, e é diferente de um CEO.” - explica Leonardo.

O jovem estudante, sempre exemplar nos colégios mais concorridos de Curitiba, nos revelou qual foi o “momento chave”, o “grande insight” de sua decisão para que prestasse vestibular na área de economia: “Na hora de escolher a carreira, percebi que não era uma carreira para o vestibular, e sim, para a minha vida” - conta Leonardo, que hoje cursa a disputada e conceituada FEA (Faculdade de Economia e Administração) da USP (Universidade de São Paulo).

Dono de uma personalidade arrojada, inventiva e inquieta, Leonardo percebeu que uma carreira estática, tradicional e hierárquica não se encaixaria em seu particular modus operandi: “Eu tenho umas oitenta ideias por dia, e seria péssimo em uma carreira tradicional, não sirvo para seguir cartilhas (pelo menos por enquanto). Por isso, escolhi ser portfólio manager de fundos de investimentos, pelo dinamismo e ecletismo da coisa” - revela o moço, totalmente adaptado e feliz com sua rotina atribulada no escritório paulistano. “Quando passei pelas sessões de coaching com Daniela, ela nunca me pressionou a dizer nada, a escolher entre tais e tais caminhos. Tudo o que a Daniela fez foi só fazer muitas perguntas e questionamentos e, assim, fui me conhecendo melhor, me percebendo e vendo o caminho para o qual deveria me inclinar.” - finaliza.

É isso que um processo de coaching e orientação de carreira feita seriamente conseguem: provocar uma série de autoquestionamentos, para que todos cheguem, sem pressão ou obrigação, mas com muita intuição e emoção a seus verdadeiros caminhos internos.

Daniela Leluddak é sócia/diretora da Caddan Empresarial e membro da Caddan Brasil (classificada como OSCIP). Tem como foco na carreira o desenvolvimento de pessoas e sistemas organizacionais. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Vanessa Kopersz Ming é assessora de imprensa da Caddan Empresarial em São Paulo. É diretora da TYPE ASSESSORIA. Para maiores informações contate pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou mesmo 41- 3014 0381